WhatsApp

Fechar busca

Digite o nome do produto

Digite o nome do produto e toque em Ir ou selecione um produto da lista.
R$ 0,00

Meu Carrinho

Indique amigos e ganhe créditos em nossa loja!

Dia dos Namorados pede um chocolate, não pede? O doce é símbolo de romance <3 Aqui na Keep Light, você sabe, há mais de um tipo de sobremesa com chocolate no cardápio, afinal acreditamos em #DietaFeliz. Por isso, o post de hoje traz uma receita perfeita para a sobremesa do jantar mais romântico do ano: suflê de chocolate amargo. Antes de chegar até ela, você vai conhecer mais sobre os tipos e benefícios do chocolate – e como fazer melhores escolhas. 


O chocolate é produzido a partir das sementes de cacau. Os processos possíveis para chegar até uma barra ou bombom vão do mais puro chocolate ao ultraprocessado. Por isso, leia o rótulo antes de comprar. Caso os primeiros ingredientes do chocolate sejam açúcar e gordura vegetal hidrogenada, por exemplo, melhor tentar outra marca. A porcentagem de cacau também importa: quanto mais cacau e menos açúcar, mais saudável é o chocolate.



O cacau é bom para...
A saúde do coração, pois inibe uma enzima no organismo conhecida por elevar a pressão arterial. Estimula o sistema nervoso central e ajuda na manutenção do bem-estar e do bom humor, já que influencia os hormônios endorfina e dopamina. Tem propriedades antioxidantes, portanto evita o envelhecimento celular (radicais livres) e a formação de tumores. Cacau é fonte de vitaminas A, B, C, D e E, fósforo, ferro e flavonoides, o que o torna um alimento funcional.



Entenda que tipos de chocolate se produz conforme a variação de porcentagem de cacau na receita
-
Nibs de cacau: o chocolate em sua forma mais pura e menos processada. São basicamente sementes de cacau fermentadas, secas, torradas e trituradas. 
-Cacau em pó: feito com a amêndoa do cacau moída, sem a manteiga – é o famoso cacau 100%.
-Chocolate em pó: cacau em pó com açúcar, geralmente 50% de cada.
-Chocolate amargo (ou dark): acima de 50% de cacau, o chocolate é considerado amargo. Daí o sabor mais pronunciado do chocolate, que não é naturalmente doce. 
-Chocolate meio amargo: produzido sem leite e com cerca de 40% de cacau.
-Chocolate ao leite: com sabor mais adocicado, esse tipo de chocolate tem menor índice de massa de cacau (36% a 46%). Para o sabor mais adocicado, a massa de cacau é substituída por manteiga de cacau e/ou leite em pó.
-Chocolate branco: composto basicamente por manteiga de cacau, leite, açúcar e baunilha.
-Chocolate ruby: a última grande descoberta em chocolates é o ruby, tipo de cacau que cresce em apenas três países no mundo: Equador, Brasil e Costa do Marfim. O chocolate rosa é naturalmente desta cor; retirado de uma parte específica do cacau. Seu sabor é frutado, sem adição de frutas ou corantes. 
-Achocolatado: contém cerca de 70% de sacarose ou de outros açúcares e cerca de 30% de cacau em pó.



Ama chocolate? Siga estas dicas
O nutricionista da Keep Light, Daniel Coni da Silva, ensina a fazer escolhas inteligentes!

-Substitua achocolatado por chocolate em pó
-Faça brigadeiro com cacau em pó, no lugar do achocolatado
-Use nibs de cacau no lugar do granulado de chocolate
-Use chocolate meio amargo ou amargo em receitas, no lugar do chocolate ao leite
-Use chocolate branco apenas para decoração, pois ele contém mais gordura e açúcar
-Evite alimentos ultraprocessados com sabor e aroma de chocolate, como biscoitos recheados, sobremesas instantâneas, pipocas e balas. O cacau não é o vilão, mas sim o açúcar em alta quantidade nesse tipo de produto – a gente sempre fica querendo “só mais um”. 
-Bateu aquela vontade de comer chocolate? Prefira o meio amargo ou amargo. “No início, o paladar vai estranhar, mas é questão de hábito”, ensina Dani. 



Agora vamos à receita. Aproveite para fazer em casal.

 

Suflê de chocolate amargo
Rendimento: 2 porções

Ingredientes
50 g de chocolate amargo picado (mínimo de cacau 50%)
20 ml de leite 
15 g de cacau em pó 
1 clara
1 gema
20 g de açúcar 


Modo de preparo
Unte os ramequins com a margarina e o açúcar. Reserve.
Derreta o chocolate picado de 30 em 30 segundos no micro-ondas (assim ele não queima).
Em uma panela, misture o leite com o cacau em pó e leve ao fogo até ferver. 
Desligue o fogo e adicione ao leite o chocolate derretido.
Quando amornar, acrescente a gema e misture.
Bata a clara em neve, na batedeira ou com um batedor (fouet). Quando começar a ficar esbranquiçada, vá acrescentando o açúcar e continue batendo até ficar firme.
Acrescente 1/3 da clara na mistura de chocolate, misture até que incorpore bem e depois misture o restante da clara mexendo lentamente.
Preencha os ramequins totalmente e coloque no freezer por 30 minutos.
Leve ao forno preaquecido a 200oC (temperatura alta) por cerca de 15 minutos.
Sirva ainda quente. 


Feliz Dia dos Namorados!