WhatsApp

Fechar busca

Digite o nome do produto

Digite o nome do produto e toque em Ir ou selecione um produto da lista.
R$ 0,00

Meu Carrinho

Indique amigos e ganhe créditos em nossa loja!

É comum associar a feijoada a um prato pesado e calórico. Bem, isso não é totalmente mentira. Mas você sabia que as calorias da feijoada dependem muito mais da maneira como se prepara o prato do que pelos ingredientes em si? A gente explica.

 

Vamos começar por uma investigação nutricional. Vale saber que a feijoada é uma refeição completa do ponto de vista da nutrição. É verdade: a receita contém itens de cinco grupos alimentares essenciais para uma alimentação saudável.

 

. O feijão é do grupo alimentar das leguminosas
. As carnes são proteína
. O arroz e a farinha (ou farofa) são cereais
. A couve é hortaliça
. A laranja é do grupo das frutas

 

Até aí, tudo certo. O problema começa quando a receita leva muitas carnes gordurosas  que de fato "pesam", pois fica mais complicado digerir, além de exageradamente calórico. 

 

Ah, tem outra coisa que ajuda a deixar esse prato brasileiríssimo com fama de "engordativo": tem muita gente que repete a refeição, indo além dos limites da saciedade. Estamos de olho! :)

 

Não é à toa que se cunhou o termo "feijoada light" para sinalizar o prato menos gorduroso, que leva apenas um ou dois tipos de carne, como a linguiça e a carne seca, por exemplo. Elas são essenciais para dar sabor ao feijão!

 

Feijoada para todos
Na Orgü, a gente desenvolveu não uma, mas duas receitas de feijoada leve, que podem ser consumidas no dia a dia

 

A feijoada light (234 calorias) leva linguiça calabresa e deixa a farinha de fora, já que o arroz é do grupo dos cereais/carboidratos, e dispensa mais de um alimento do tipo no prato. Fique à vontade para incluir algumas rodelas de laranja em casa!
 

A feijoada vegetariana (325 calorias) é da turma dos Basiquinhos, uma linha de pratos para o dia a dia que vale ter no freezer sempre! Leva linguiça vegetariana defumada para garantir o aporte de proteína com menos calorias (e zero carnes). É totalmente delícia!

 

História
A feijoada é um dos pratos mais tradicionais da culinária brasileira. A história popular diz que ela é uma invenção dos escravos, mas estudiosos apontam que a receita é uma versão dos cozidos europeus, como o cassoulet, prato francês feito com feijão-branco, legumes e carne de porco.

 

Outra evidência dessa origem está no fato de que, na época do Brasil Colônia, o acesso aos alimentos era escasso para escravos e também para senhores, por conta da dificuldade de transporte. Inclusive as carnes eram totalmente aproveitadas e o conceito de partes menos nobres (pés, orelha, rabo) não existia. Ao contrário, eram consideradas iguarias. A quem quer que tenha inventado a feijoada: tá de parabéns.