WhatsApp

Fechar busca

Digite o nome do produto

Digite o nome do produto e toque em Ir ou selecione um produto da lista.
R$ 0,00

Meu Carrinho

Indique amigos e ganhe créditos em nossa loja!

Arroz com feijão: um clássico. Arroz doce: tradicional. Arroz integral: mais fibras. Arroz com moqueca, com bobó, com strogonoff: uma delícia! Arroz é, definitivamente, coisa nossa. Pena que o preço do alimento está alto e, segundo estimativa do próprio governo, não deve diminuir tão cedo. 
 
O jeito é cuidar para não desperdiçar o ingrediente, além de fazer o prato render incrementando o preparo com legumes, grãos e carnes. Confira algumas ideias.
 
Arroz que rende!
Para fazer o arroz render mais, incremente o preparo com legumes - pode ser só com cenoura, ou com milho (as crianças adoram), ou com brócolis (use também os talos), como o que acompanha o nosso picadinho com páprica. Um preparo vintage que pode voltar a fazer sucesso é o arroz à grega, que leva cubinhos de cenoura, ervilha, pimentão, salsinha e uva passa. É prático e rende que é uma beleza: planeje preparos feitos em apenas uma panela, como a tradicional galinhada e o arroz com lentilha e cebola caramelizada (a pimenta síria dá o sabor de prato árabe).
 
Sobrou arroz? Invista no reaproveitamento
Prepare um arroz frito incluindo cenoura ralada, ervilha, cebola refogada, cebolinha e ovo mexido. Ou um arroz de forno, com frango desfiado, creme de leite fresco e queijo parmesão gratinado por cima. O mexidinho, que é a mistura de arroz + feijão + farinha de mandioca na frigideira, mata a fome com gostinho de comida brasileira. Outra opção é congelar as porções de arroz e servir posteriormente com bastante salsinha fresca, que renova o preparo.
 
Substituições low-carb
O arroz de couve-flor costuma ser a solução fit para quem está dando um tempo de arroz como forma de reduzir a ingestão de carboidratos. Ainda bem que ele é uma delícia! O preparo aparece em três pratos do cardápio da Orgânico Gourmet: com miolo de paleta, com peito de frango grelhado e no estrogonoff de frango. O segredo, segundo o chef André Galante, é deixar bem temperadinho! Duas substituições menos famosas, mas possíveis: brócolis cozido e picado na ponta da faca, ou um refogado de repolho - de novo, o tempero é que vai deixar o preparo saboroso!

 


“A paz é alcançada com arroz e sal, não com espadas e flechas.”
Uesugi Kenshin, poderoso daimiô japonês do séc. XVI