WhatsApp

Fechar busca

Digite o nome do produto

Digite o nome do produto e toque em Ir ou selecione um produto da lista.
R$ 0,00

Meu Carrinho

Indique amigos e ganhe créditos em nossa loja!

O plástico é um problemão ambiental. O motivo é que o material não desintegra completamente: ele se desmancha em pedaços cada vez menores até se transformar nos chamados microplásticos, que são levados pelo vento e estão presentes na chuva e, com maior evidência, em rios e oceanos, contaminando peixes e demais seres vivos marinhos. 
 
Compreender que todo o plástico já produzido pelo homem ainda continua presente no ambiente é, no mínimo, assustador. Mais ainda quando sabemos que as projeções não são otimistas, já que a produção de plástico virgem ainda é maior do que a de plástico reciclado. Estudos recentes preveem o despejo no oceano de 22 a 58 milhões de toneladas de plástico por ano, pelos próximos 10 anos.
 
O que podemos fazer desde já para diminuir esse impacto em nível doméstico? Segue abaixo uma lista de sugestões.
 
Embalagem de delivery
Ao pedir comida fora de casa, escolha restaurantes que usem embalagem de papel, como as da Orgânico Gourmet. Elas não são totalmente recicláveis, porque possuem revestimento de filme plástico para garantir a impermeabilidade, mas são muito menos prejudiciais do que as feitas de plástico 100%. 
 
Compras online
O mesmo recado acima vale para mercados online: privilegie os que ao menos tentam reduzir o uso de plástico no delivery. No mais, repense as compras online que terão exagero de plástico na entrega – será que na volta do trabalho ou na caminhada matinal você não consegue passar para comprar algo que gastaria muito mais plástico se fosse comprado online?
 
Saco plástico 
Comprar secos a granel, usando sacos de papel ou de pano para pesar, é um bom jeito de evitar o uso de sacos plásticos descartáveis. Prefira as hortaliças livres de bandejas de isopor embaladas com filme plástico.
 
Sacola plástica
Você se esqueceu de levar a ecobag ao mercado? Em vez de comprar as sacolas plásticas, peça uma caixa para embalar as compras: mais prático e mais ecológico. Na farmácia, lojas e pequenas compras: dispense o uso da sacola caso consiga levar o item no bolso, na bolsa, na mochila...
 
Filme plástico
Experimente tampar tigelas apenas com um prato raso, ou pires, para guardar na geladeira. Panos encerados com cera de abelha são outra opção sustentável (disponível para vender na internet). Troque os potes de fechamento hermético de plástico pelos de vidro. 
 
Garrafinha d'água
Para evitar comprar água na rua, ande com uma garrafa de inox no carro ou bolsa. Os copos retráteis de silicone são boa opção para quem leva bolsa ou mochila, para tomar café ou água em salas de espera, por exemplo.
 
Roupas sintéticas
As fibras que se desprendem das roupas sintéticas são grande fonte da poluição por microplásticos na natureza. Na medida do possível, prefira as roupas e itens de casa feitos de fibras naturais. 
 
Reciclagem
Leia na embalagem dos produtos se o plástico é reciclável. Limpe minimamente os materiais antes de colocar na lixeira reciclável. Reutilize potes e garrafas tanto quanto possível – na internet há inúmeros tutoriais com ideias de faça-você-mesmo. As esponjas convencionais são de difícil reciclagem, mas há postos específicos de coleta. Trocá-las por esponjas de fibra de coco ou buchas vegetais são opção ecológica.
 

 
"A maior ameaça ao nosso planeta é a crença de que alguma outra pessoa irá salvá-lo." 
Robert Swan, explorador e defensor da preservação da Antártica